Engenharia Clínica | RTG Especializações
Pós-Graduação
Engenharia Clínica | RTG Especializações 30 Jan 2021 Engenharia Clínica
SAIBA MAIS
DIFERENCIAIS

Metodologia: O processo de ensino/aprendizagem do curso pressupõe uma estreita convivência entre professores e alunos buscando percorrer juntos e de forma contínua as etapas de:

Conceituação: Nesta etapa do processo será requerida uma intensa atividade de leituras orientadas pelos professores, complementando os conceitos apresentados.

Debate: Através de seminários, serão promovidos debates entre os participantes que levam ao aprimoramento dos conhecimentos por meio da diversidade de opiniões.

Vivência: Através de estudo de casos, trabalhos em equipe e visita técnica, os participantes serão estimulados a contribuir com a sua vivência pessoal para o aprendizado em grupo.

Ação: A ação que completa o processo de ensino/aprendizagem será realizada através da elaboração de um trabalho final de curso.

Interdisciplinaridade: A estrutura curricular foi elaborada com objetivo de harmonizar a relação entre o conteúdo programático e as disciplinas do curso. As disciplinas estão agrupadas de forma complementar, com objetivo de evidenciar a mudança de fases no planejamento do curso. Entretanto, todas disciplinas oferecidas convergem para a produção científica dos alunos ao final do curso e adaptação ou atualização profissional no mercado de trabalho. As atividades desenvolvidas em cada disciplina fornecem aos discentes ferramentas de pesquisa, despertando o interesse no aprofundamento de temas inerentes ao propósito do curso. Desta forma, seminários e apresentações de trabalhos em sala aquecem os debates e a troca de experiência entre os alunos, com a supervisão do professor. O acompanhamento dos trabalhos pela Coordenação do curso possibilita que o foco seja mantido nos objetivos do curso, integrando a experiência da turma, professor e alunos, com o conteúdo acadêmico.

OBJETIVOS E PÚBLICO-ALVO

Aperfeiçoar e capacitar especialistas  na área hospitalar,  suprindo uma demanda de profissionais aptos ao planejamento, gerenciamento e treinamento em sistemas de equipamentos médico-hospitalares, possibilitando o controle dos processos de gestão hospitalar, de manutenção e  de incorporações tecnológicas, estando diretamente relacionados com  a otimização dos recursos financeiros, redução dos dispêndios  e com a qualidade dos serviços

Profissionais que possuam graduação em curso de nível superior com formação acadêmica em Engenharia, os currículos estão sujeitos a avaliação.

ESTRUTURA DO CURSO

ENGENHARIA CLÍNICA I - Incorporação de Equipamentos de Saúde

ENGENHARIA CLÍNICA II - Gestão de Equipamentos de Saúde

ENGENHARIA CLÍNICA III - Acreditação Hospitalar com ênfase em Engenharia Clínica

ENGENHARIA HOSPITALAR - Incorporação de Equipamentos de Infraestrutura de Saúde

ENGENHARIA HOSPITALAR - Gestão de Equipamentos de Infraestrutura de Saúde

ARQUITETURA HOSPITALAR - Arquitetura e sua interface com a Engenharia Clínica

ACREDITAÇÃO HOSPITALAR - Gestão de Qualidade

POLÍTICAS DE SAÚDE - Administração Hospitalar

EQUIPAMENTOS DE SAÚDE I - Equipamentos de Monitoramento e Terapia

EQUIPAMENTOS DE SAÚDE II - Equipamentos de Imagem Médica

EQUIPAMENTOS DE INFRAESTRUTURA DE SAÚDE I

EQUIPAMENTOS DE INFRAESTRUTURA DE SAÚDE II

METROLOGIA APLICADA EM EQUIPAMENTOS DE SAÚDE

TÓPICOS AVANÇADOS DE TECNOLOGIA DE SAÚDE I - Gestão de Projetos

TÓPICOS AVANÇADOS DE TECNOLOGIA DE SAÚDE II - Gestão de Riscos Voltada para a Segurança do Paciente

COORDENAÇÃO
Engenharia Clínica | RTG Especializações
Ricardo Maranhão Engenheiro Eletricista pela UNIFEI, Especialista em Engenharia Clínica pela UNICAMP, Especialista em Administração Hospitalar pela USP, Especialista em Agentes de Difusão e Inovação Tecnológica, Especialista em Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa e Mestre em Gestão de Tecnologias em Saúde pela FIOCRUZ. Vice Presidente Executivo da ABEClin. Sócio proprietário da Orbis Engenharia Clínica. Atua na área de engenharia clínica há mais de 25 anos. É professor auxiliar na Escola de Engenharia da PUC-GO. Foi um dos autores do livro Segurança do Paciente: conhecendo os riscos nas organizações de saúde da Editora FIOCRUZ.
CORPO DOCENTE
Abdon Cunha Engenheiro eletricista graduado pelo Instituto Nacional de Telecomunicações, pós-graduado em Engenharia Clínica pela Unicamp-SP e pós-graduado em Eng. de Segurança do Trabalho. Engenheiro clínico do Hospital de Doenças Tropicais de Goiás – HDT. Atuou por mais 10 anos na área de importação de equipamentos médicos hospitalares e regulamentação da ANVISA.
Alexandre Ferrelli Engenheiro Eletrônico pela Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000), obteve o título de Mestre em Engenharia Biomédica na COPPE/UFRJ em 2003, MBA em Engenharia de Manutenção em 2004 (UFRJ), título de especialista em Segurança do Trabalho em 2013 (UFRJ) e título de especialista em Engenharia Clínica em 2016 (HIAE). Atuou em companhias de equipamentos médicos e Engenharia Clínica desde 1995, como engenheiro de campo, supervisor, coordenador, perito judicial e gerente. É um dos autores do livro “Gestão de manutenção em Serviços de Saúde” (2010). Atuou na Associação Brasileira de Engenharia Clínica, como Presidente na gestão 2017/2020. Prestou consultoria para várias empresas e órgãos públicos.
André Gemus Engenheiro Mecânico formado pela UDESC – Universidade do Estado de Santa Catarina, Pós Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pela RTG e Engenharia Clínica pela RTG. MBA em Gestão Empresarial pela FGV e MBA em Controladoria Auditoria e Finanças pela FGV. Diretor da Abeclin Regional Goiás. Atuou mais 10 anos na área de metrologia de equipamentos médicos hospitalares e laboratoriais.
Cristiano Silva Leão Graduado em Engenharia civil, especializado em segurança do trabalho e gestão do turismo, com mestrado em antropologia (gestão do patrimônio cultural). Professor atuante dede 1988, inicialmente no ensino fundamental e médio, ensino profissionalizante; A partir de 1999 ingressei no ensino superior e a partir de 2006 na pós graduação;15 anos de experiência em gestão e desenvolvimento de equipe na área de segurança do trabalho, avaliações, treinamentos e acompanhamento de desempenho e de indicadores; Larga vivência em sala de aula e treinamentos atuando como professor/instrutor de disciplinas ligadas à gestão e segurança do trabalho e em várias instituições; Auditor líder em ISO 9001:2015 e OHSAS 18001:2007 e Auditor interno nas normas ISO 45001:2018 e ISO 14001:2015; Perito ad hoc do TRT 18 e assistente técnico, desde 1998, com atuação em perícias de acidentes de trânsito, acidentes do trabalho, insalubridade e periculosidade; Conhecimento em gestão por processos BPM, modelagem BPMN, elaboração e gestão de orçamento, definição e gerenciamento de indicadores de desempenho e gestão de mudanças, planejamento estratégico e metodologias de gestão operacional.
Dante Garcia Mestre em Saúde Coletiva pela UFG, com projeto na linha de gestão da saúde. Título: Governança regional do SUS em Goiás: Análise situacional para implantação do COAP. Especialista em Gestão de Sistemas de Saúde/ Gestão do SUS pela USP. Especialista em Economia da Saúde pela Pompeu Fabra de Barcelona-ES. Especialista em Farmacoeconomia pela Pompeu Fabra de Barcelona- ES.
George Hebert de Azevedo Santos Engenheiro Civil pela Universidade Veiga de Almeida (RJ), Administrador pela Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (MA). Possui Pós-graduação em: Gestão de Projetos PMI/PMBOK (FGV-ISAN-MA); Engenharia de Controle da Poluição (USP – São Carlos); Gestão de Negócios em Telecomunicações (FUNCEFET-RJ); Gestão Tecnológica e de Negócios (UFRJ); Gestão Empresarial (Universidade Federal do Amazonas).
Patricia Prioto MBA em Gestão de Pessoas com ênfase em RH pela Uno-Nove em SP. Especialista em Acreditação Hospitalar pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais-BH. Avaliadora da ONA. Diretora de qualidade na Aleph Consultoria. Vice Presidente da Sociedade Brasileira de Hotelaria Hospitalar DF/GO.
Ricardo Maranhão Engenheiro Eletricista pela UNIFEI, Especialista em Engenharia Clínica pela UNICAMP, Especialista em Administração Hospitalar pela USP, Especialista em Agentes de Difusão e Inovação Tecnológica, Especialista em Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa e Mestre em Gestão de Tecnologias em Saúde pela FIOCRUZ. Vice Presidente Executivo da ABEClin. Sócio proprietário da Orbis Engenharia Clínica. Atua na área de engenharia clínica há mais de 25 anos. É professor auxiliar na Escola de Engenharia da PUC-GO. Foi um dos autores do livro Segurança do Paciente: conhecendo os riscos nas organizações de saúde da Editora FIOCRUZ.
Sandro Martins Dolghi Engenheiro Mecânico pela Universidade de Brasília (1997), Especialista em Saúde Coletiva e Vigilância Sanitária pela Fiocruz (2007) e Mestre em Engenharia e Ciência dos Materiais pela Universidade Federal de Capina Grande (2014). Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária da Agência Nacional de Vigilância Sanitária com experiência na área de infraestrutura em serviços de saúde e regulação de produtos para a saúde. Atualmente, ocupa o cargo de Chefe de Serviço de Apoio à Manutenção Predial e Obras na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), sendo responsável pela implementação das diretrizes de infraestrutura física para os Hospitais Universitários Federais (HUF), no que se refere a instalações prediais, manutenções, reformas, ampliações, novas construções; proposição e realização de estudos de viabilidade técnica, econômica e financeira, em conjunto com as demais áreas da Ebserh, visando à atualização e modernização de sistemas, instalações prediais e equipamentos de infraestrutura física dos HUF.
Thiago Bajur Engenheiro de controle e automação pela UFMG. Estudou Engenharia de Sistemas Médicos na OVGU, Magdeburg, Alemanha. Especialista em engenharia clínica pelo Albert Einstein. Escritor, aos 11 escreveu um livro intitulado Zot, ganhador do prêmio Barf em Portugal. Desenvolveu o primeiro analisador de segurança elétrica automático do Brasil. Já foi Juiz na German RoboCup, maior evento de Robótica do mundo. Desenvolveu a primeira feira de imersão virtual POV do mundo. Co-Fundador da Arkmeds empresa de desenvolvimento de sistemas para engenharia clínica e metrologia avançada, Stranlab indústria de analisadores e instrumentação de equipamentos médico hospitalares. Fundou a empresa de desenvolvimento de sistemas ERP e de posicionamento digital e a HealthClass plataforma e metodologia de ensino para profissionais da saúde que utiliza de tecnologias como machine learning e realidade virtual.
SAF E PRÉ-REQUISITOS SAF - Sistema de Avaliação e Frequência

Para obter o Certificado Final do Programa, o participante deve ser aprovado tanto nos trabalhos e/ou provas presenciais realizados em cada módulo do curso quanto no Trabalho de Conclusão de Curso.

Assim sendo, será considerado aprovado o participante que cumprir as seguintes exigências:

  • Aproveitamento de, no mín., 70% do curso, isto é, nota final igual ou superior a 7,0 em cada uma das disciplinas;
  • Frequência mínima de 75% da carga horária total de cada disciplina;
  • Apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso.
Pré-requisitos para a Inscrição Através de formulário próprio acompahado de :

Cópia Autenticada do Histórico e Diploma de graduação;

Cópia do RG;

Cópia do CPF;

Cópia do Título de Eleitor;

1 (uma) Foto 3x4;

Comprovante de Endereço;

Cópia da Reservista

PALAVRA DO COORDENADOR
VÍDEOS RELACIONADOS
 
 
DURAÇÃO E INVESTIMENTO
Carga horária: 420 horas
SAIBA MAIS