Engenharia Geotécnica: Barragens, Túneis e Fundações | RTG Especializações
Pós-Graduação
Engenharia Geotécnica: Barragens, Túneis e Fundações | RTG Especializações 22 Out 2021 Engenharia Geotécnica: Barragens, Túneis e Fundações
SAIBA MAIS
DIFERENCIAIS

Realização de Visitas Técnicas em Laboratórios de Ensaios, Obras Geotécnicas;

Aulas Práticas: Levantamento de Campo;

Programas Computacionais;

Elaboração de Projetos de Geotécnicos de Barragens, Fundações e Túneis.

Desenvolvimento de Sistemática de Supervisão de Obras

OBJETIVOS E PÚBLICO-ALVO

Aprofundar, capacitar e desenvolver aptidões e conhecimentos, ao profissional, que lhes permitem formular, analisar e discutir as dificuldades para a elaboração e implementação de soluções de Engenharia Geotécnica: Barragens, Túneis e Fundações, em empresas e órgãos públicos.

Público-Alvo

  • Engenheiras e engenheiros (civil, mineração e ambiental);
  • Geólogos;
  • Geógrafos;
  • Executivos e demais Profissionais Graduados que atuam na área de Infraestrutura de Engenharia.
ESTRUTURA DO CURSO

Projeto de Barragens de concreto

Barragens de Terra e Rejeito de Mineração

Projeto de Barragens de Terra e Rejeito de Mineração

Licenciamento Ambiental de Barragens

Segurança e Auscultação de Barragens

Mecânica das Rochas

Projeto de Túneis

Processos de Investigação e Instrumentação do Subsolo

Geossintéticos

Fundamentos Básicos de Engenharia Geotécnica

Geologia

Hidrologia e Drenagem Aplicados em Obras Geotécnicas

Adensamento e Resistência ao Cisalhamento dos Solos

Mecânica dos Solos não Saturados

Estabilidade de Taludes

Empuxo de Terras e Estruturas de Contenção

Obras em Solos Moles

Ensaios de Campo e Laboratório

Fundações Profundas

Fundações Superficiais

Fundamentos de Infraestrutura de Transportes

COORDENAÇÃO
Engenharia Geotécnica: Barragens, Túneis e Fundações | RTG Especializações
Geovane Gomes Gerente de Infraestrutura Viária na Concessionária de Rodovias TRIUNFO-CONCEBRA. Mestre em Engenharia Civil na área de Infraestruturas e gerencia viária pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – CAPES 5. Engenheiro Civil, formado pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC). Professor das disciplinas de Mecânica dos Solos, Fundações e Contenções e Pavimentação. Apresenta vasta experiência técnica em projetos de implantação de pavimentos, restauração, estudos geotécnicos, estudos de tráfego, capacidade e níveis de serviço utilizando o método HCM-2010, com órgãos públicos ANTT, DNIT e DER’s. Já atuou como engenheiro de projetos e coordenador dos contratos de pavimentação pelo BID com o DER-ES, pela empresa STRATA Engenharia Ltda de Belo Horizonte - MG; engenheiro de pavimentação pela empresa IGUATEMI Consultoria e Serviços de Engenharia Ltda de Florianópolis-SC. Publicou 09 artigos em Congressos Nacionais.
CORPO DOCENTE
Bruno Canoza da Silva Engenheiro civil geotécnico, graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestre em Engenharia Geotécnica na Universidade de São Paulo, graduado em Administração de Empresa pelo Unicentro Newton Paiva, especialista em finanças pela Fundação Dom Cabral, Especialista em Estruturas na UFMG. Cursando MBA em Gerenciamento de Projetos na FGV. Atua como professor em curso de especialização em geotecnia em diversas faculdades do brasil. Possui experiência como coordenador de obras, gestor de contratos de obras e projetos de engenharia no setor público, projetista de fundações, execução de obras prediais, operação de empresa de fomento mercantil e atacadista de utensílios domésticos. Sólido conhecimento em liderar equipes, solução de conflitos, negociação com clientes, informática, programação de softwares gerenciais e de engenharia. Tem interesse em ampliar sua experiência profissional, especialmente na área de engenharia e gestão. Já residiu nos Estados Unidos. Possui inglês fluente.
César Botelho Especialista em Segurança de Barragens pela UFBA. Diretor da Geoscom Geossintéticos. Consultoria e assessoria Técnica especializada na execução, projetos, controle de Qualidade, detalhamento Construtivo e suporte técnico e assessoria para compra de materiais com a utilização de geossinteticos (Geomembrana, GCL betonítico, geogrelhas, Geotexteis, Geocompostos drenantes), com acervo técnico em mais de 50 milhões de metros quadrados em geossinteticos utilizados em obras no Brasil e exterior.   
Elói Ângelo Palma Filho Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Comunitária Regional de Chapecó (2003) e mestrado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006), com Extensão no Politécnico de Turim/Itália (2010). Atualmente é Analista em Infraestrutura de Transportes - DNIT, atuando junto a Empresa de Planejamento e Logística S.A. - EPL. Experiência certificada em Ferrovia de Alta Velocidade e Estudos para Concessão de Rodovias. Associado ao Comitê Brasileiro de Túneis - CBT, sendo Secretário-Executivo (2015-2018) e Tesoureiro (2019-2020). Atualmente é Superintendente de Construção – SUCON – VALEC Engenharia, Construções e Ferrovias S.A.
Felipe Souza Cruz Engenheiro civil, Doutorando em Geotecnia pela UERJ, Mestre em Geotecnia pela COPPE/UFRJ, Especialista em Geotecnia (Solos Mole) pela PUC-RIO, atualmente trabalhando como PJ na BVP, realizando projetos de alteamento, reforços de bermas, desmonte/retomada de barragens, reservatórios e/ou pilhas de rejeito, confecção de cartas de riscos, análises de estabilidade determinísticas e probabilísticas. Atuando também em projetos de contenções, escavações, controle de desempenho de fundações com a execução dos ensaios de PIT / PET, Ensaio de Carregamento Dinâmico PDA, Prova de Carga Estática (métodos Convencional e Bidirecional, com a utilização de células expansivas). Além de realizar instalação e automação de instrumentação geotécnica, ATO e análise de DAM BREAK em barragens, reservatórios e pilhas. Além disso tenho trabalhado na GeoEstática com Consultoria em Ensaios de Fundações; Análise, interpretação e emissão de relatórios; Treinamentos para capacitação de equipes para execução, análise, interpretação e emissão de relatório de PIT, PDA e  PCE (convencional e bidirecional), Projetos e Consultorias para Fundações e Revisão periódica de Segurança em Barragens: (Inspeção de campo; Avaliações de estabilidade da barragem; Avaliação de desempenho da instrumentação geotécnica de monitoramento).
Felipe Zacchi Gómez Mestre em Engenharia Civil. Graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008), Master in Urban Sustainability pela Portland State University (2016), Mestre em Engenharia Civil, área de concentração em Infraestrutura e Gerencia Viária, pela Universidade Federal de Santa Catarina (2016). Desenvolve projetos de infraestrutura há mais de 15 anos, tendo desenvolvido e coordenado projetos no Brasil, América Latina, Europa, Ásia e África. Foi diretor técnico de uma multinacional de projetos, sendo responsável pela inserção do BIM em projetos de infraestrutura no mercado brasileiro. Atualmente, é diretor técnico da empresa Inova Brasil Engenharia, onde vem coordenando projetos de infraestrutura, enfoque em órgãos públicos e concessionárias de rodovias.
Flávia Peres Nunes Possui graduação em Ciências Biológicas pela PUC Minas (2002), mestrado em Zoologia de Vertebrados de Ambientes Impactados (2005) e doutorado em Ecologia, Conservação e Manejo da Vida Silvestre, concluído na UFMG em 2011. Desenvolveu o Pós-doutorado na UFMG em 2015, desenvolvendo metodologias para a Recuperação Ambiental e Restauração Ecológica de áreas degradadas. É professora de cursos de Pós-graduação, MBA e Aperfeiçoamento nas áreas de Gestão, Licenciamento e Perícia Ambiental, Recuperação de Áreas Degradadas e Ecologia, em diversas instituições como PUC Minas. Ministra cursos livres de aprimoramento e capacitação profissional em todo o Brasil, em parceria com instituições como o CREA e para diversas empresas do setor produtivo. Atua como consultora ambiental desde 2003, com diversos trabalhos realizados em gestão, perícia e licenciamento ambiental para diversas empresas dos setores de mineração, metalurgia, produção de energia, indústria automobilística, produção de bebidas e alimentos, paisagismo, urbanismo e parcelamento de solo. Tem diversas publicações, orientações e trabalhos técnicos desenvolvidos nas áreas de Gestão e Licenciamento Ambiental, Ecologia, Recuperação de Áreas Degradadas e Conservação Ambiental. Tem forte atuação no setor de Mineração e Siderurgia, buscando soluções para o controle de impactos ambientais e recuperação de áreas degradadas, com vistas a promover a sustentabilidade nos empreendimentos.
Geovane Gomes Gerente de Infraestrutura Viária na Concessionária de Rodovias TRIUNFO-CONCEBRA. Mestre em Engenharia Civil na área de Infraestruturas e gerencia viária pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – CAPES 5. Engenheiro Civil, formado pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC). Professor das disciplinas de Mecânica dos Solos, Fundações e Contenções e Pavimentação. Apresenta vasta experiência técnica em projetos de implantação de pavimentos, restauração, estudos geotécnicos, estudos de tráfego, capacidade e níveis de serviço utilizando o método HCM-2010, com órgãos públicos ANTT, DNIT e DER’s. Já atuou como engenheiro de projetos e coordenador dos contratos de pavimentação pelo BID com o DER-ES, pela empresa STRATA Engenharia Ltda de Belo Horizonte - MG; engenheiro de pavimentação pela empresa IGUATEMI Consultoria e Serviços de Engenharia Ltda de Florianópolis-SC. Publicou 09 artigos em Congressos Nacionais.
Guilherme Pereira Pinto Engenheiro Civil graduado na Universidade Federal de Viçosa com intercâmbio de graduação sanduíche nos EUA pela University of Illinois at Urbana-Champaign. Mestre em Engenharia Civil com ênfase em Geotecnia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, tendo trabalhado com estabilidade de aterros sobre solos moles.
Lennon de Souza Marcos da Silva Engenheiro Civil com mestrado acadêmico em andamento pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Servidor público estadual desde 2013, com experiência em gestão e projetos. Atualmente, atuando no Departamento de Geotecnia da Empresa de Obras Públicas do Rio de Janeiro, com experiência em mecânica dos solos, estabilidade de taludes, estruturas de contenção e fundações.
Liliana Gonçalves Simões Pires Engenheira Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em dezembro de 2013. Título do trabalho de conclusão: Efeitos da velocidade de ruptura de aterros na resistência não drenada mobilizada em solos moles: Análise de dados de aterros experimentais instrumentados, sob a orientação do professor Fernando Schnaid. Em 2012 realizou mobilidade acadêmica para a Université Joseph Fourier - Polytech Grenoble, França para especialização na área de geotecnia. Entre janeiro de 2014 e fevereiro de 2015 atuou na empresa Magna Engenharia, Porto Alegre – RS, atuando em projetos geotécnicos e hídricos. Entre 2015 e 2017 realizou Pós-Graduação/ Mestrado na área de Geotecnia na Universidade Federal do Rio de Janeiro – COPPE/UFRJ, bolsista da CAPES. Título da dissertação: Comportamento de aterro experimental sobre solo mole tratado com colunas de brita, sob a orientação do professor Márcio de Souza Soares de Almeida Desde 2018 é engenheira geotécnica na BVP Geotecnia e Hidrotecnia, Belo Horizonte – MG. Atuando com a realização de modelagens numéricas e como parte da equipe de Geotecnia no desenvolvimento de projetos de mineração.
Marilia Abrão Zeni Possui graduação em Engenharia de Minas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2012) e Mestrado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em Engenharia de Minas (2016). Atualmente está finalizando o doutorado em Engenharia de Minas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o segundo mestrado na PUC Minas, é consultora chefe na GEOMZ. Tem experiência na área de Engenharia de Minas, com ênfase em Geotecnia - Mecânica de rochas, estabilidade de taludes e de escavações subterrâneas.
Matheus Ariel Battisti Formado em Geologia pela Universidade Federal de Santa Catarina no ano de 2015, obteve seu grau de Mestre pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com ênfase em Geologia Estrutural, no ano de 2018. Atualmente é estudante de doutorado e Bolsista CNPq do Programa de Pós-Graduação em Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGGEO), no qual o projeto de pesquisa possui ênfase nas áreas de Geologia Estrutural e Petrologia Metamórfica.
Rafaela Baldi Fernandes Engenheira Civil, Mestre em Geotecnia e Especialista em Gestão de Riscos de Escavações Subterrâneas. Coordenadora de Meio Ambiente do Instituto Brasil, Membro da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e da Associação Brasileira de Geossintéticos. Atua no ramo de Consultoria em Geotecnia e Meio Ambiente, principalmente nas áreas de Mineração, Indústria e PCH`s.
Vinícius Roberto de Aguiar Possui Graduação em Engenharia Civil (2000) e Mestrado, com ênfase em Geotecnia (2003), pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Doutorado, com ênfase em geotecnia, (2008) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio. Desde Agosto/2007 atua como engenheiro da ENGEVIX Engenharia S.A, ocupando o cargo de engenheiro geotécnico sênior. Atua no projeto geotécnico de centrais hidroelétricas, barragens de acumulação de água, de obras de infraestrutura e de saneamento.
SAF E PRÉ-REQUISITOS SAF - Sistema de Avaliação e Frequência
Para obter o Certificado Final do Programa, o participante deve ser aprovado tanto nos trabalhos e/ou provas presenciais realizados em cada módulo do curso quanto no Trabalho de Conclusão de Curso. Assim sendo, será considerado aprovado o participante que cumprir as seguintes exigências:
Aproveitamento de, no mín., 70% do curso, isto é, nota final igual ou superior a 7,0 em cada uma das disciplinas;
Frequência mínima de 75% da carga horária total de cada disciplina;
Apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso.
Pré-requisitos para a Inscrição Através de formulário próprio acompahado de :

Cópia Autenticada do Histórico e Diploma de graduação;

Cópia do RG;

Cópia do CPF;

Cópia do Título de Eleitor;

1 (uma) Foto 3x4;

Comprovante de Endereço;

Cópia da Reservista

PALAVRA DO COORDENADOR
VÍDEOS RELACIONADOS
 
 
DURAÇÃO E INVESTIMENTO
Carga horária: 480 horas Sendo: 20 horas/aula por disciplina
SAIBA MAIS