Pós-Graduação em Engenharia Rodoviária: Concessões Rodoviárias e Vias Urbanas | RTG Especializações
Pós-Graduação
Pós-Graduação em Engenharia Rodoviária: Concessões Rodoviárias e Vias Urbanas | RTG Especializações   A definir Pós-Graduação em Engenharia Rodoviária: Concessões Rodoviárias e Vias Urbanas
PRÉ-INSCRIÇÃO
DIFERENCIAIS

Realização de visitas técnicas em laboratórios de ensaios, usinas de asfalto, concessionária de rodovias;

Aulas Práticas: Levantamento topográfico e cadastramentos, avaliação de pavimentos asfálticos e de concreto, avaliação estrutural em Pontes e Viadutos aplicando o método de inspeção do DNIT;

Programas Computacionais: Excel, AutoCAD, Plataforma BIM, Civil 3D.

Elaboração de Projetos de Infraestrutura para Rodovias (mercado de concessões), vias urbanas (prefeituras) e urbanização (implantação e adequação de loteamentos urbanos para condomínios).

OBJETIVOS E PÚBLICO-ALVO

Apresentar os aspectos teóricos, práticos e gerenciais da engenharia rodoviária e do mercado de concessões. Afim de capacitar e desenvolver habilidades e conhecimentos que lhes permitem formular, discutir, analisar, selecionar e implementar estratégias e mecanismos na aérea da infraestrutura de transporte rodoviário em concessionárias de rodovias, empresas privadas e órgãos públicos. Além de prover um ensino de qualidade, compatível com os novos enfoques tecnológicos, metodológicos e de aprendizagem em Engenharia Rodoviária com foco em concessões de rodovias, vias urbanas (prefeituras) e urbanização (implantação e adequação de loteamentos urbanos para condomínios).

PÚBLICO ALVO

Estudantes e graduados no curso de Engenharia Civil, Produção, Ambiental e Florestal. Geólogos, Geógrafos e a todos os profissionais da área que atuam em empresas Consultoras, Construtoras, Concessionária de Rodovias e também em órgãos públicos.

ESTRUTURA DO CURSO

Mercado de Concessões e Operações Rodoviárias;

Regulação e Fiscalização de Rodovias Concedidas;

Diretrizes para a Elaboração de Estudos e Projetos de Rodovias;

Auditoria de Obras Públicas e Licitações ;

BIM e Civil 3D aplicado em Projetos de Infraestrutura Civil;

Geotecnia Aplicada a Projetos de Infraestrutura Rodoviária;

Mapeamento e Georreferenciamento em Projetos Rodoviários;

Projeto Geométrico, Terraplenagem, Máquinas e Equipamentos;

Projeto de Drenagem e Obras Complementares;

Projeto e Inspeções em Pontes e Viadutos;

Projeto de Sinalização e Segurança Viária, Desapropriação;

Estudos e Programas Ambientais em Projetos Rodoviárias;

Orçamento, Custos e Plano de Execução de Obras Rodoviárias;

Engenharia de Tráfego;

Capacidade Vias: HCM-2010;

Misturas Asfálticas;

Projeto e Dimensionamento de Pavimentos Rodoviários;

Avaliação Funcional, Estrutural e Projetos de Restauração de Pavimentos;

Sistema de Gerência de Pavimentos / HDM-4 (Banco Mundial);

Tecnologia de Pavimento de Concreto;

Técnicas de Construção e Conservação Rodoviária

COORDENAÇÃO
Pós-Graduação em Engenharia Rodoviária: Concessões Rodoviárias e Vias Urbanas | RTG Especializações
Geovane Gomes, MSc. Gerente de Infraestrutura Viária na Concessionária de Rodovias TRIUNFO-CONCEBRA. Mestre em Engenharia Civil na área de Infraestruturas e gerencia viária pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – CAPES 5. Engenheiro Civil, formado pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC). Professor das disciplinas de Mecânica dos Solos, Fundações e Contenções e Pavimentação. Apresenta vasta experiência técnica em projetos de implantação de pavimentos, restauração, estudos geotécnicos, estudos de tráfego, capacidade e níveis de serviço utilizando o método HCM-2010, com órgãos públicos ANTT, DNIT e DER’s. Já atuou como engenheiro de projetos e coordenador dos contratos de pavimentação pelo BID com o DER-ES, pela empresa STRATA Engenharia Ltda de Belo Horizonte - MG; engenheiro de pavimentação pela empresa IGUATEMI Consultoria e Serviços de Engenharia Ltda de Florianópolis-SC. Publicou 09 artigos em Congressos Nacionais.
CORPO DOCENTE
Adolfo Machado de Magalhães, MSc. Mestrado em Infraestrutura Viária pela UFSC(2001) pesquisa na área de Desempenho de Pavimentos Flexíveis. Graduado em Engenharia Civil pela UFPR (1995). Atua há 18 anos em consultoria na área de Pavimentação com participação em mais de 200 Projetos de Restauração de Pavimentos e em mais de 40 Projetos de Implantação de Pavimentos. Também atuou em quase 20 Estudos de Viabilidade Técnico-Econômica para concessões de trechos rodoviários. Coordenou, implantou e geriu pelo menos 3 diferentes Sistemas de Gerência de Pavimentos. Por 8 anos foi Coordenador Técnico de Infraestrutura Rodoviária de um grande grupo de concessões Rodoviária. Autor e Co-autor em 8 artigos Técnicos publicados nos Anais da Reunião Anual de Pavimentação da ABPv (anos de 2001, 2005, 2007, 2010 e 2012). Ministrou Curso de Pavimentação no grupo ECORODOVIAS (São Bernardo do Campo/SP, 2009) e disciplina de Conservação Rodoviária no Curso Pós Graduação Lato-Sensu em Pavimentação Rodoviária do Instituto IDD (São Paulo/SP, 2017).
Alexsander Maschio, Msc. Engenheiro Civil pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2002). Atualmente é Gerente Regional SUL do Associação Brasileira de Cimento Portland - ABCP. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Construção Civil.
Clauber J. B. da Costa, Msc. Mestre em Engenharia de Infraestrutura de Transportes com ênfase em Pavimentos, pelo Instituto Militar de Engenharia/IME – Rio de Janeiro-RJ e Pós-Graduação em Engenharia Geotécnica pela PUC-Mggraduação. Engenheiro Civil atuando em diversos projetos rodoviários e supervisão de obras, bem como Consultor na área de Engenharia Civil, com ênfase em Infraestrutura de Transporte em consultoras como: Systra Brasil, Concremat Engenharia e Tecnologia e Engefoto Aerolevantamentos S/A. Possui larga experiência em procedimentos e controles para realização de serviços de pavimentação; análise estrutural de pavimentos; dimensionamento de estruturas de pavimentos novos e de restauração rodoviária; análise de projetos de pavimentação; avaliação de patologias e recuperação de pavimentos existentes e acompanhamento de obra durante a fase de execução.
Denilson Rodrigues Santana, Esp. Presidente da Associação Brasiliense de Engenharia de Segurança do Trabalho – ABRAEST; Membro da Associação Nacional dos Engenheiros Ambientais - ANEAM e da Comissão Permanente Regional sobre Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção - CPR/DF. Conselheiro da Câmara Especializada de Engenharia Industrial e de Segurança do Trabalho; Diretor de Fiscalização do CREA/DF. Experiência em saúde, segurança do trabalho e meio ambiente, na indústria da construção civil e pesada; Experiência em gestão e fiscalização de obra pesada (UHE) no quesito saúde, segurança do trabalho e meio ambiente. É coordenador de curso técnico, professor universitário e de pós-graduação.
Fernanda Schimidt, Esp. Engenheira Civil formada, pela Universidade Federal de Santa Catarina, no ano de 2004, especialista em Engenharia de Produção pela FURB - Fundação Regional de Blumenau. Possui ampla experiência na área de orçamento de obras, tanto de edificações, como de infraestrutura rodoviária. Participou ativamente na elaboração de orçamentos para execução de obras de grande vulto e representatividade, desde o levantamento de quantitativos, elaboração da planilha de custos, composições de custos unitários, detalhamento de BDI e encargos sociais, até o fechamento do orçamento final, elaboração de cronogramas e propostas técnicas para apresentação a clientes privados e públicos.
Frederico Rodrigues, Dsc. Diretor Geral e Sócio-Fundador da ImTraff. Doutor em Engenharia de Transportes pela UFRJ, Mestre em Engenharia Urbana pela UFU e Graduado em Engenharia Civil pela UFMG. Consultor internacional em engenharia de tráfego e transportes, tendo atuação direta em mais de 500 projetos em 8 países, além de possuir cerca de 40 artigos publicados internacionalmente sobre engenharia de tráfego, transportes, segurança viária e acústica. Atua nas áreas de planejamento de tráfego e transportes, planejamento urbano, simulação de tráfego, segurança viária, projetos rodoviários e ferroviários, estudos de demanda, polos geradores, concessão de rodovias e ferrovias, acústica ambiental, entre outros. Possui acreditação na metodologia internacional de segurança viária iRAP. Lecionou nos cursos de Engenharia Civil da UFMG, UNI-BH, Promove, Faculdade Kennedy, nos cursos de pós graduação em transporte e trânsito, do CEFET-MG, em psicologia do trânsito da FEAD e ainda no curso de técnico de transportes e estradas, do CEFET-MG.
Joselle Ferraz Cerdeira, MSc. Mestre - Graduada em Engenharia Civil pela Universidade FUMEC-MG, com mestrado em Engenharia de Materiais pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), com Especialização em Gestão de Projetos (MBA) pela Fundação Getúlio Vargas, com extensão em Programa Especial de Formação de Docentes (Matemática e Topografia) pelo CEFET-MG. Possui mais de 20 anos de experiência em projetos rodoviários, atuando como engenheira civil em empresas de Consultoria, como projetista, coordenadora de área, gestora de contratos com ênfase nos seguintes temas: Geotecnia, Fundações, Contenções, Projetos Geométricos, Projetos de Terraplenagem, Segurança Viária e Desapropriação. Atuou como professora nos cursos de Engenharia de Produção Civil e Edificações no Departamento de Engenharia Civil no CEFET-MG, e nos cursos de Engenharia de Transportes, Transporte e Trânsito e Estradas no Departamento de Engenharia de Transportes – DET no CEFET-MG. Atualmente é analista de infraestrutura em transportes pelo consórcio Skill/MPB no apoio ao DNIT SREMG.
Lucas Cavarsan Gama, Esp. Graduado em Engenharia Civil pela USC; Pós Graduando MBA Gerenciamento de Projetos pela FGV/SP. Vivência e experiência de mais de 5 anos na construção civil; especialista em elaboração de orçamento técnico-comercial em obras de terraplenagem, conservação rodoviária e pavimentação. Desenvolveu habilidades em gestão de contratos, negociação, planejamento e controle executivo de obra, construções verticais MCMV, infraestrutura e qualidade.
Luiz Henrique Teixeira, Esp. Engenheiro Civil pela Universidade Regional de Blumenau (1994(, Especialista em Gerência Viária pela PUC-PR (1999). Gerente Técnico da CBB Asfaltos - Membro do Comitê Técnico da ABEDA - Membro da Comissão de Asfaltos do IBP. Desenvolve pesquisa na área de ligantes e misturas asfálticas com enfoque nas emulsões e asfaltos modificados, tanto para camadas de rolamento quanto para camadas de base dos pavimentos. Coordena equipes de trabalho na área das engenharias industriais mecânica, química e de produção, bem como equipe de tecnólogos que desenvolvem projetos de dosagens de misturas asfálticas, calibração de usina de asfalto e execução de obras. Junto a ABEDA - Associação Brasileira das Distribuidoras de Asfaltos participa do Comitê Técnico na elaboração de estudos de normas para o segmento e como co-autor de publicações técnicas voltadas ao segmento rodoviário. No âmbito do IBP - Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis participa da Comissão de Asfaltos na discussão e aprovação de normas para o segmento rodoviário, já tendo exercido a posição de Coordenador da Comissão, ação que irá se repetir em 2019.
Marino Sumariva, Msc. Possui 19 anos de experiência na execução de projetos de recuperação de áreas degradadas por mineração, desassoreamento de rios e demais projetos ambientais, além de geração de produtos cartográficos originados de diversas metodologias de levantamento. Mestre em Engenharia Civil, na área de concentração em Cadastro Técnico Multifinalitário e Gestão Territorial pela UFSC (2013). Especialista em Geoprocessamento pela UFPR (2003). Graduado em Engenharia de Agrimensura pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (2000). Também possui experiência com levantamentos cadastrais, projetos urbanísticos e de regularização fundiária. Atualmente é Coordenador de Campo da empresa Engefoto Engenharia e Aerolevantamento S.A.
Paulo César Arrieiro de Oliveira, Dr. Engenheiro Civil, formado pela PUC-MINAS, especialista em Engenharia Econômica (FUMEC), Doutor e Mestre em Engenharia de Transportes pela Unicamp. Autor de vários artigos científicos sobre reciclagem profunda de pavimentos. Palestrante e instrutor de treinamentos nas áreas de estabilização de solos e reciclagem de pavimentos. Trabalha há mais de 25 anos no segmento da construção pesada, atuando em projetos de infraestrutura, geotecnia, controles tecnológicos, gestão, construção, manutenção e restauração de pavimentos. Atualmente é Gerente de Projetos da maior concessionária de rodovias do Brasil, exercendo atividades nas áreas de regulação de rodovias, avaliação e aprovação de projetos, Sistemas de Informações Geográficas (SIG), processos de Declaração de Utilidade Pública, gestão e monitoração de terraplenos, obras de arte especiais, obras de arte correntes e pavimento.
Rafael Gerard Demuelenaere, Dsc Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2002), mestrado em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2004), doutorado em Geociências pela Universidade Federal Fluminense (2010) e MBA executivo em Gestão Pública na Fundação Getúlio Vargas (2012). Foi Coordenador Geral de Cadastro e Licitações do DNIT (2015). Atualmente é Analista de Infraestrutura de Transportes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, cedido para a Coordenação de Projetos na Secretaria do Programa de Parcerias de Investimento - PPI da Presidência da República (PR).
Rodolfo Montoya, Dsc. Engenheiro Civil com 16 anos de experiência nacional e internacional, em gestão de projetos de ferrovias, desenvolvimento tecnológico, manutenção, consultoria, projetos e instrumentação (prédios, estruturas em geral, ferrovias, rodovias e pontes). Mestrado em Estruturas. Atualmente presta consultoria, na área de ferrovias, geotecnia e estruturas em geral. Possui experiência em projetos, manutenção, instrumentação, recuperação de ferrovias, prédios, estruturas e pontes, avaliando confiabilidade e saúde estrutural. Experiência em ensino de graduação de pós-graduação, e coordenação dos cursos de engenharia, com especialização em Estruturas (Mecânica dos sólidos), geotecnia e hidráulica, coordenando concursos e trabalhos no laboratório, e supervisão de estágio para os alunos de engenharia. Membro da International Association for Bridge Maintenance And Safety (IABMAS). Membro da Rede Brasileira de Pesquisas Avançadas em Monitoramento e Análise de elementos estruturais Ferroviária; Membro da Associação Brasileira de Pontes e Estruturas (ABPE). Membro de Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural (ABECE-MA) e outros.
Tarso Luis de Sales, MSc. Mestre - Graduado em Engenharia Civil pela Universidade de Passo Fundo (UPF), com mestrado na área de Infraestrutura e Gerência Viária pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Possui mais de 10 anos de experiência na elaboração de Projetos de Infraestrutura Rodoviária, com foco na elaboração dos estudos geotécnicos para Implantação e Restauração de Rodovias. Atualmente é engenheiro coordenador de projetos da empresa STE Serviços Técnicos de Engenharia S.A com sede em Porto Alegre – RS.
Tânia Batistela Torres, Msc. Engenheira Civil, Mestre e Doutoranda em Sistemas de Transportes pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Foi Professora do Magistério Superior substituta no curso de Engenharia de Transportes e Logística da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Atuou em consultoria nas áreas rodoviárias e urbanas com análise e soluções de segurança viária, engenharia de tráfego e mobilidade sustentável. Tem experiência em estudos de tráfego aplicáveis a projetos (viários e de pavimento), estudos de impacto, estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental. Engenheira de Tráfego na Prefeitura Municipal de Canoas, Rio Grande do Sul. É pesquisadora externa junto ao Laboratório de Mobilidade e Logística da UFSM. Dedica-se às pesquisa em segurança viária pelo estudo do comportamento e desempenho do condutor através da condução simulada e pela modelagem matemática, buscando prover melhorias que impactem na minimização da frequência e gravidade dos acidentes viários
SAF E PRÉ-REQUISITOS SAF - Sistema de Avaliação e Frequência

Para obter o Certificado Final do Programa, o participante deve ser aprovado tanto nos trabalhos e/ou

provas presenciais realizados em cada módulo do curso quanto no Trabalho de Conclusão de Curso.

Assim sendo, será considerado aprovado o participante que cumprir as seguintes exigências:

Aproveitamento de, no mín., 70% do curso, isto é, nota final igual ou superior a 7,0 em cada uma das

disciplinas;

Frequência mínima de 75% da carga horária total de cada disciplina;

Apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso.

Pré-requisitos para a Inscrição Através de formulário próprio acompahado de :

Cópia Autenticada do Histórico e Diploma de graduação;

Cópia Autenticada do RG;

Cópia Autenticada do CPF;

Cópia Autenticada do Titulo de Eleitor;

Duas fotos 3x4;

Comprovante de Endereço;

Currículo;

PALAVRA DO COORDENADOR
VÍDEOS RELACIONADOS
Engenharia Clínica
Software UFC: Especialização em Infraestrutura Urbana, Perícia e Auditoria Ambiental
Palavra do Coordenador Fausto Carraro | Desempenho de Edificações
Palavra do Coordenador Ricardo Maranhão | Engenharia Clínica
Palavra do Coordenador Nélio Fleury | Engenharia de Segurança do Trabalho
Palavra do Coordenador Nélio Fleury - Engenharia de Energia
Palavra do Coordenador Ana Cristina Rodovalho
Palavra do Coordenador Nelson Siqueira Neto
Trincas em Imóveis | Dicas RTG
Economia de Energia | Dicas RTG
Ademaldo Cabral em
Amanda Beatriz indica | RTG Especialização
Eng. Fábio Julian (SANEAGO) | RTG ESPECIALIZAÇÃO
Phellipe Paiva indica | RTG Especialização
 
 
DURAÇÃO E INVESTIMENTO
Carga horária: 420 horas
SAIBA MAIS