RTG NEWS  
Bim: Saiba sobre a sua obrigatoriedade a partir de 2021 | RTG Especializações

Bim: Saiba sobre a sua obrigatoriedade a partir de 2021

         Com o objetivo de democratizar a plataforma no país, no dia 17 de maio de 2018 foi assinado o Decreto n° 9.377. Após a assinatura do Decreto Presidencial, o estado de Santa Catarina foi o primeiro do Brasil a determinar que as licitações de obras públicas fossem feitas com a metodologias BIM.


A Estratégia Nacional para a Disseminação do Building Information Modeling, tem como uma das suas metas o aumento em 10 vezes a implantação do BIM, resultando que em 50% do PIB da Construção Civil tenha adotado a metodologia até 2024. Conforme estudos da Fundação Getúlio Vargas (FGV), atualmente, apenas, cerca de 9,2% das empresas no ramo da construção utilizam a plataforma nos seus projetos.



Planos Escalonados


O plano BIM BR tem a proposta de implementar as estratégias em etapas, a fim de acompanhar o tempo de adaptação ao mercado e ao setor público. Confira as etapas:


A partir de janeiro de 2021: Essa fase será focada em projetos de engenharia e arquitetura para ampliações, construções novas ou reabilitações, quando consideradas de grande relevância para a disseminação do BIM. Nesta fase, será proposta a exigência do BIM na elaboração dos modelos de arquitetura e de engenharia referentes às disciplinas de estrutura, de hidráulica, de AVAC (aquecimento, ventilação e ar 42 condicionado) e de elétrica, na detecção de interferências e na revisão dos modelos de engenharia e de arquitetura, na extração de quantitativos e na geração de documentação gráfica, a partir desses modelos.


A partir de janeiro de 2024: A segunda fase, deverá contemplar algumas etapas que envolvem a obra, como o planejamento da execução da obra, para construções novas, reformas, ampliações ou reabilitações, quando consideradas de grande relevância.


A partir de janeiro de 2028: A terceira fase, abrange todo o ciclo de vida da obra ao considerar atividades do pós-obra. Nesta fase, o BIM será aplicado, no mínimo, nas construções novas, reformas, ampliações ou reabilitações, quando consideradas de média ou grande relevância, nos usos previstos na primeira e na segunda fases e, além disso, nos serviços de gerenciamento e de manutenção do empreendimento após sua conclusão.


Confira o livreto, elaborado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, sobre a Estratégia BIM BR.

 
 
REVISTA RTGNEWS A RTG NEWS reúne conteúdo e estudos de caso sobre as várias vertentes da Engenharia na atualidade.
Bim: Saiba sobre a sua obrigatoriedade a partir de 2021 | RTG Especializações
CATEGORIAS Saneamento   Eventos   Notícias   Palestras  
Mais Notícias